A Madeira atingiu este domingo cerca das 12:00 a marca dos 100 mil residentes na região com vacinação completa, o que representa 40% da população do arquipélago, anunciou o Governo Regional.

Esta meta foi alcançada no Centro de Vacinação do Funchal, no Madeira, com uma administração de uma vacina da AstraZeneca dada a uma residente na região.

Para assinalar a ocasião, a utente recebeu do secretário regional da Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, uma orquídea.

Isto significa que 40% da população madeirense tem a vacinação completa”, afirmou o governante madeirense.

Pedro Ramos salientou que este objetivo concretizado “não imuniza na sua totalidade” as pessoas, “mas protege de uma forma adicional”.

Por isso, queremos acelerar este processo de vacinação, esperando que a ‘Task-force’ nacional tenha a possibilidade de receber mais vacinas da União Europeia”, disse, complementando que “se Portugal receber mais vacinas”, a Madeira também vai beneficiar.

O responsável enfatizou que o Serviço de Saúde da Madeira está dotado de “capacidade armazenamento, distribuição e administração” das vacinas “diariamente, em todos os concelhos da região”.

“Portanto, é tudo uma questão de termos mais vacinas na Madeira”, sublinhou.

O contador ao minuto da vacinação na Madeira indicava cerca das 13:00 que estavam a administradas um total de 229.639 vacinas contra a covid-19 desde o início do processo de vacinação, a 31 de dezembro de 202.

Destas, cerca de 100.300 já têm vacinação completa e 130 mil a primeira inoculação.

Pedro Ramos falou da “preocupação” de vacinar os mais jovens, reafirmando estar prevista a administração aos “estudantes a partir dos 12 anos [3.º ciclo do ensino básico]” no verão, de acordo com a recomendação da Agência Europeia do Medicamento.

Para o próximo ano letivo, o corpo docente e não docente e os alunos estarão todos vacinados”, o que vai permitir o regresso às aulas “em segurança”, sublinhou, de acordo com

Hoje, o Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) anunciou que chegaram mais 35.100 vacinas da farmacêutica Pfizer à região, o que permite dar continuidade à campanha de vacinação regional contra a covid-19.

Os últimos dados divulgados sábado pela Direção Regional de Saúde indicavam que a Madeira registou seis novos casos de covid-19, registando 78 situações ativas.

O Hospital do Funchal continua sem doentes internados nas unidades dedicadas à doença, somando este arquipélago 9.674 casos confirmados e 73 óbitos.

/ AG