Cerca de 80 crianças da creche e do ATL Vila Gerações, da Santa Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez, estão em casa depois de uma funcionária ter testado positivo para a covid-19, disse esta terça-feira o provedor.

Em declarações à agência Lusa, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Arcos de Valdevez, Francisco Araújo, explicou que o espaço ATL - Atividades de Tempos Livres, frequentado por 40 crianças, fechou na semana passada e a creche, que acolhe cerca de 45 crianças, encerrou na segunda-feira, como “medida preventiva, por indicação da delegação de saúde".

Francisco Araújo adiantou que as duas estruturas da Santa Casa de Arcos de Valdevez, no distrito de Viana do Castelo, "reabrem no dia 30".

As crianças estão em casa. Não existem crianças com sintomas, nem familiares. Foi uma medida de precaução tomada pela delegada de saúde e bem, numa atitude preventiva", referiu.

O provedor revelou que a funcionária que testou positivo à covid-19 "também está em casa" e que "as restantes nove funcionárias da instituição vão ser todas submetidas, brevemente, a testes de despiste da doença".

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 965.760 mortos e mais de 31,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.925 pessoas dos 69.663 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

/ AG