O novo coronavírus chegou a Portugal no dia 2 de março, data em que foi confirmado o primeiro caso de Covid-19 no país. Desde então, e com base no boletim revelado esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), a doença já se manifestou em 2.995 pessoas, tendo matado 43.

O número total de casos suspeitos assinalados é de 21.155, com 16.569 testes a terem resultado negativo. 

Quais as faixas etárias mais afetadas?

Do total de infetados com Covid-19 em Portugal, a faixa etária dos 40 aos 49 é a que manifesta mais casos. Entre mulheres (279) e homens (272), um total de 551 pessoas deste intervalo etário foram diagnosticadas com o novo coronavírus.

Número de casos de Covid-19 em Portugal
Grupo Etário Masculino Feminino
0-9 anos 13 21
10-19 anos 35 42
20-29 anos 157 191
30-39 anos 230 260
40-49 anos 272 279
50-59 anos 252 283
60-69 anos 198 226
70-79 anos 142 134
80+ 110 150

Importa também esclarecer relativamente às idades dos óbitos, sabendo de antemão que Covid-19 é uma doença que afeta sobretudo os mais idosos. Com efeito, 74% dos óbitos foram registados em doentes com 70 ou mais anos de idade.

De resto, não existe qualquer vítima registada abaixo dos 50 anos de idade.

Número de óbitos por Covid-19 em Portugal
Grupo Etário Masculino Feminino
0-9 anos 0 0
10-19 anos 0 0
20-29 anos 0 0
30-39 anos 0 0
40-49 anos 0 0
50-59 anos 3 1
60-69 anos 7 0
70-79 anos 7 0
80+ 13 12

Refira-se que, apesar de haver mais mulheres infetadas (cerca de 53% do total), a doença tem sido mais fatal nos homens. Das 43 vítimas mortais, 30 eram do sexo masculino, o que representa quase 70%.

Qual é a incidência da pandemia em Portugal?

Os dados de que dispomos em Portugal ainda não suficientemente significativos, e, com quase toda a certeza, os números têm tendência para um agravamento.

Ainda assim, e com os números atuais, a taxa de mortalidade no nosso país é de 1,4%. Quando comparada com outros países, onde a pandemia já está instalada há mais tempo, é possível prever que esta percentagem possa subir. Na China, onde o surto começou, a taxa de mortalidade ronda os 4%, mas é em Espanha e Itália que a situação é mais preocupante.

Espanha tem uma taxa de mortalidade superior a 7%, registando 3.434 vítimas mortais em quase 50 mil casos. Itália é caso mais crítico, com uma taxa de mortalidade que chega perto dos 10%.

Até ao momento existem 22 pessoas que já recuperarm de Covid-19 em Portugal.

Quais os sintomas mais comuns?

O novo coronavírus afeta principalmente o aparelho respiratório, e um dos sintomas mais graves é a falta de ar. Em caso último, esta complicação leva à necessidade de respiração assistida por ventilador.

Em Portugal, o sintoma mais comum é a tosse, que se manifesta em 62% dos casos. Seguem-se a febre (51%) e as dores musculares (36%). A cefaleia afeta 28% dos pacientes, enquanto 23% apresentam fraqueza generalizada. Quanto ao sintoma menos prevalente, é a dificuldade respiratória, presente entre 19% dos casos.

Segundo a última atualização da DGS, 276 pessoas estão internadas, 61 das quais em unidades de cuidados intensivos. Isto significa que apenas 9% dos infetados em Portugal estão internados, dos quais 22% estão em cuidados intensivos. 

Quais os concelhos mais afetados?

A região Norte é, genericamente, a mais afetada do país. Com 1517 casos confirmados (mais de 50% do total), contabiliza 20 óbitos. Só o distrito do Porto tem seis concelhos entre os mais atingidos (Porto, Maia, Vila Nova de Gaia, Valongo, Gondomar e Matosinhos). O distrito de Lisboa tem três concelhos entre os 10 mais afetados (Lisboa, Cascais e Sintra). Ovar, no distrito de Aveiro, também figura entre as autarquias mais fustigadas pela pandemia.

Os 10 concelhos mais afetados por Covid-19 em Portugal
Concelho Distrito Número de Casos
Lisboa Lisboa 187
Porto Porto 137
Maia Porto 119
Vila Nova de Gaia Porto 83
Valongo Porto 71
Gondomar Porto 62
Ovar Aveiro 58
Matosinhos Porto 56
Cascais Lisboa 43
Sintra Lisboa 43

Na região de Lisboa e Vale do Tejo já foram confirmados 992 casos, tendo morrido 12 pessoas. A região Centro regista 365 doentes e 10 mortes, enquanto o Algarve tem um óbito entre um total de 62 casos. Segundo dados da DGS, as regiões autónomas dos Açores e da Madeira têm 17 e 16 casos respetivamente. A TVI confirmou, junto das autoridades de saúde açorianas, que já existem 22 doentes no arquipélago. O Alentejo é a região do país com menos infetados (12), e 14 doentes de proveniência estrangeira estão infetados em Portugal.

António Guimarães