Portugal registou esta sexta-feira três mortes atribuídas à covid-19, 559 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, e nova nova descida nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos, indica a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O índice de transmissibilidade (Rt) subiu para 1,03, assim como a incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, que aumentou para 52,6.

Desde o dia 12 de maio que o Rt nacional regista uma subida, estando acima de 1 desde 17 de maio.

Os números anteriores destes indicadores, divulgados na quarta-feira, indicavam um Rt de 1,02 e uma incidência de 51,4 casos por 100.000 habitantes.

Os dados do Rt e da incidência são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Estes indicadores – o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de covid-19 – são os dois critérios definidos pelo Governo para avaliar o processo de desconfinamento iniciado a 15 de março.

Relatório de situação - 21 de maio de 2021 by TVI24

De acordo com o boletim epidemiológico da DGS, estão internados em cuidados intensivos 55 doentes, menos três do que na quinta-feira. Quanto aos internamentos em enfermaria, os dados oficiais indicam que estão hoje internados 207 doentes, menos um.

As mortes ocorreram nas regiões Norte, Centro e Algarve.

Os dados mostram ainda que houve um aumento de 94 casos ativos de infeção, totalizando agora 22 287.

Desde o início da pandemia Portugal já contabilizou 844.288 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus e 17.017 mortes.

Rafaela Laja