Portugal regista 1.126 mortos e 27.406 infetados devido à pandemia de Covid-19. Estes são os últimos dados da Direção-Geral da Saúde, que constam no boletim diário divulgado este sábado.

São mais 12 mortos (um aumento de óbitos de 1,1%) e mais 138 casos de infeção (uma subida de 0,5%), comparativamente com o balanço anterior.

De acordo com o boletim da DGS, há menos 27 doentes internados - o número desceu de 842 para 815. O número de doentes internados em Unidades de Cuidados Intensivos também desceu de 127 para 120.

Já o número de pessoas recuperadas aumentou de 2.422 para 2.499.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (645), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (238), do Centro (215), do Algarve (13), dos Açores (14) e do Alentejo que regista um caso, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Segundo os dados, 574 vítimas mortais são mulheres e 552 são homens.

Das mortes registadas, 755 tinham mais de 80 anos, 226 tinham entre os 70 e os 79 anos, 97 tinham entre os 60 e 69 anos, 36 entre e 50 e 59, 11 entre os 40 e os 49 e um dos doentes tinha entre 20 e 29 anos.

A recuperar em casa estão 26.471 pessoas.

O concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infeção pelo novo coronavírus (1.724), seguido por Vila Nova de Gaia (1.448), Porto (1.300), Matosinhos (1.197), Braga (1.149), Gondomar (1.048), Maia (908), Sintra (745) Valongo (737), Guimarães (657), Ovar (614) e Coimbra (558).

Desde o dia 1 de janeiro, registaram-se 272.443 casos suspeitos, dos quais 2.955 aguardam resultado dos testes.

Há 242.082 casos em que o resultado dos testes foi negativo.

A região Norte continua a registar o maior número de infeções, totalizando 15.854, seguida pela região de Lisboa e Vale do Tejo, com 7.166, da região Centro, com 3.581, do Algarve (345) e do Alentejo (235). Os Açores registam 135 casos de Covid-19 e a Madeira contabiliza 90 casos confirmados.

A DGS regista também 26.667 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Do total de infetados, 16.175 são mulheres e 11.232 homens.

A faixa etária mais afetada pela doença é a dos 50 aos 59 anos (4.621), seguida da faixa dos 40 aos 49 anos (4.614) e das pessoas com mais de 80 anos (4.185 casos).

Há ainda 3.952 doentes com idades entre 30 e 39 anos, 3.282 entre os 20 e os 29 anos, 3.117 entre os 60 e 69 anos e 2.339, com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista também 465 casos de crianças até aos nove anos e 831 de jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

 

Covid-19: boletim de 9 de maio by TVI24 on Scribd

Sofia Santana / atualizada às 12:56