Portugal regista mais oito mortes e 884 novos casos de Covid-19, segundo o boletim divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) este sábado. O número total de casos passa a ser de 72.939, havendo 1.944 vítimas mortais. Este é o quinto pior dia em termos de casos diários, depois de esta sexta-feira se ter registado o quarto dia com mais contágios confirmados. Só os dias 28 de março (902 casos), 31 de março (1.035) e 10 de abril (1.516) foram piores.

Há mais 377 doentes recuperados, perfazendo um total de 47.380. O número de casos ativos é, agora, de 23.615.

Apesar dos muitos casos registados, o número de internamentos desceu pela primeira vez em oito dias. São agora 615 os doentes hospitalizados (menos nove), dos quais 85 estão em unidades de cuidados intensivos (menos um).

Relatório de atualização de covid-19

A DGS indica que seis das mortes foram registadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde também se verifica o maior número de infeções, um óbito ocorreu na região norte e o outro no centro do país.

O boletim refere ainda que em vigilância estão 43.583 contactos, mais 798 em relação a sexta-feira.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 472 novos casos de infeção, contabilizando a região 37.376 casos e 748 mortes.

A região Norte regista mais 292 novos casos de covid-19, totalizando 26.161 e 879 mortos desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 62 casos, contabilizando no total 5.947 infeções e 260 mortos.

No Alentejo foram registados mais 20 casos de covid-19, totalizando 1.432 casos e 23 mortos.

A região do Algarve tem notificados mais 30 casos de infeção, somando 1.543 casos e mantém os 19 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados cinco novos casos nas últimas 24 horas, somando 266 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou três casos nas últimas 24 horas, contabilizando 214 infeções, continuando sem óbitos.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções, com um destaque para a faixa entre os 30 e os 49.

Globalmente, o o novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 33.027 homens e 39.912 mulheres, de acordo com os casos declarados.

António Guimarães