O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, testou positivo para o novo coronavírus, mas está “sem sintomas” e “recolhido desde sexta-feira”, informou este sábado a autarquia.

Embora sem sintomas, [o autarca] está recolhido desde sexta-feira e a cumprir todas as regras de isolamento recomendadas pelo Serviço Nacional de Saúde e pelas autoridades de saúde”, refere o gabinete da presidência da Câmara Municipal da Guarda em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a fonte, por esta razão, a agenda do presidente do município da Guarda para os próximos dias “fica suspensa”.

A nota acrescenta que Carlos Chaves Monteiro “já referenciou à autoridade de saúde pública local todas as pessoas com quem contactou recentemente e com as quais cumpriu as normas de segurança e de distanciamento social”.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.640.635 mortos no mundo, resultantes de mais de 119 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.669 pessoas dos 813.716 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

/ Publicado por MM