O presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, anunciou, este domingo, que as creches, os jardins de infância e a escola secundária vão encerrar "por precaução" a partir desta segunda-feira. Em causa está o surto de Covid-19 num lar de idosos do município, que já pode estar na comunidade.

A partir de amanhã irá fechar a escola secundária, os jardins de infância, as creches, as atividades de apoio à família. Isso está decidido que irá fechar a partir de segunda-feira", informou José Calixto.

O autarca indicou ainda que as autoridades ainda estão a avaliar a situação e que a hipótese de fechar estabelecimentos comerciais, como restaurantes e bares, está em cima da mesa.

"Os atendimentos presenciais nas autarquias também estamos a avaliar, em princípio também irão fechar, e faremos uma avaliação nomeadamente a espaços comerciais da restauração, a bares".

José Calixto disse que é necessário ainda "apurar alguma informação sobre os testes comunitários que estão a ser feitos" e que, só depois, a autaquia em conjunto com as autoridades locais, nomeadamente a Aurtoridade de Proteção Civil Distrital, irá tomar nova decisão.

O número de infetados com o vírus da Covid-19 num lar de Reguengos de Monsaraz subiu no sábado para 62, segundo as autoridades locais. Estão infetados 17 funcionários e 45 utentes.

O primeiro caso positivo de Covid-19 no lar foi detetado na quinta-feira de manhã, tendo no próprio dia sido iniciados os testes a todos os 105 funcionários e 83 utentes da instituição, explicou o Presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo, José Robalo.

De acordo com declarações prestadas no sábado, em conferência de imprensa, pelo responsável de Autoridade Local de Saúde do ACES Alentejo Central, Augusto Santana de Brito, o surto de Covid-19 detetado no lar pode já estar instalado na comunidade.

Com exceção de um único caso que ficou internado em enfermaria, no Hospital do Espírito Santo, em Évora, todos os utentes que testaram positivo encontram-se em residências de familiares ou na instituição.

Quanto aos funcionários infetados, encontram-se todos em isolamento nas suas residências.

Sofia Santana