O total de mortes provocadas pelo surto de covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, no Alentejo, subiu para 14, com a morte de mais três idosos, disse esta quarta-feira à agência Lusa o provedor.

Os idosos, utente do Lar de S. Francisco, morreram no hospital de Beja, onde estavam internados, precisou António Sargento, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Serpa (SCMS), no distrito de Beja.

Devido ao surto no lar, propriedade da SCMS, já foram infetadas 92 pessoas com o vírus que provoca a doença covid-19, nomeadamente 75 utentes - 14 dos quais morreram - e 17 funcionários, precisou.

Atualmente, referiu, há 61 idosos com infeções ativas, sendo que seis estão internados no hospital de Beja e os restantes no lar.

O primeiro caso de infeção confirmado no Lar de S. Francisco foi o de um funcionário, que, após começar a ter sintomas, fez um teste de despiste do vírus da covid-19, cujo resultado positivo foi conhecido no passado dia 24 de novembro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.718.209 mortos resultantes de mais de 77,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo o mais recente balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 6.343 pessoas dos 383.258 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

/ RL