O número de mortos por covid-19 subiu para três no Lar de Carção, no concelho de Vimioso, onde 28 utentes e nove funcionários testaram positivo para a doença, indicou esta quinta-feira à Lusa a diretora da instituição.

A terceira vítima mortal é uma mulher de 78 anos, utente do lar do Centro Social e Paroquial de Casa de Religiosa de Nossa Senhora das Graças, em Carção, no concelho de Vimioso que estava internada no Hospital de Bragança.

O registo da primeira morte aconteceu na sexta-feira, tratando-se de um homem de 85 anos que tinha dado entrada nas urgências hospitalares de véspera.

A segunda vítima mortal foi um outro homem de 87 anos, utente do lar e que morreu no domingo.

De acordo com a responsável pelo Lar de Carção, "há três utentes internados na unidade hospitalar de Bragança".

"No Lar de Carção permanecem 23 utentes que testaram positivo e que " estão assintomáticos e estáveis" e mais seis funcionários que também testaram positivo que prestam cuidados aos idosos e que ficaram desta unidade do durante o período de quarentena", concretizou a diretora do Lar.

Há ainda seis funcionários que testaram "negativo para covid -19" e que trabalham em espaços como a lavandaria e cozinha

A situação epidemiológica no Lar de Carção foi revelada no sábado após uma reunião de trabalho para avaliação da situação epidemiológica naquela IPSS, promovida em articulação entre a Unidade de Saúde Pública (USP) de Bragança e o município de Vimioso, na qual marcaram presença os responsáveis distritais da Segurança Social, Bombeiros e Proteção Civil, autarquia, junta de freguesia e GNR.

Há o registo de um utente que "testou negativo" que foi transferido para "a sua residência" e que receberá cuidados por parte de uma equipa de apoio domiciliário.

A Unidade de Saúde Pública de Bragança continua a manter o contacto com as pessoas que deram positivo para cumprimento do isolamento profilático.

A direção do lar de Carção acionou na sexta-feira o plano de contingência, após a morte do utente.

Segundo o mapa epidemiológico emitido hoje pela Unidade Local de Saúde (ULS) de Bragança, ao qual a Lusa teve acesso, no concelho de Vimioso há 55 casos ativos de covid-19, 34 dos quais na aldeia de Carção.

/ AG