Subiu para 57 o número de infetados no lar da Santa de Santa Casa da Misericórdia de Cinfães. A informação foi confirmada, esta quinta-feira, aos jornalistas, o presidente da Câmara de Cinfães, Armando Mourisco. 

Um dos idosos que tinham testado positivo morreu na quarta-feira à noite. De acordo com o autarca, era um doente "com graves problemas de saúde, que tinham vindo a agravar nas últimas semanas". 

Esta quarta-feira, foram realizados 32 testes aos utentes do apoio domiciliário, que ainda aguardam resultados. Os restantes testes foram realizados na segunda-feira. Os funcionários que testaram positivo estão em casa, a cumprir isolamento profilático, e os idosos infetados estão na instituição, separados dos restantes. 

Não há razões para alarme neste momento. Temos a situação controlada. (...) Mas é razão para estarmos preocupados e mantermos as regras de higienização e distanciamento", admite Armando Morisco. 

No total, foram testadas 159 pessoas. A autarquia reitera que "todos os casos positivos foram devidamente contactados e informados pela autoridade de saúde" e que "os funcionários tiveram indicação de isolamento e os seus contactos próximos, nomeadamente os familiares, indicação para isolamento profilático".

A Proteção Civil Municipal, a Autoridade de Saúde e a Santa Casa da Misericórdia mantêm um acompanhamento rigoroso e permanente, de forma a garantir o máximo bem-estar e as melhores condições de saúde dos utentes e funcionários", acrescenta.

Portugal regista, esta quinta-feira, mais um morto relacionado com a Covid-19 do que na quarta-feira e mais 417 infetados, a maioria na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os dados da DGS indicam um total de 1.524 mortes relacionadas com a Covid-19 e de 38.089 casos confirmados.

Em comparação com os dados de quarta-feira, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,1%. Já os casos de infeção subiram 1,1%.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos, a pandemia de Covid-19 atingiu os 15.971 casos confirmados, mais 325 do que na quarta-feira.