Um utente ficou temporariamente isolado no centro de saúde Barão do Corvo, em Vila Nova de Gaia, por suspeita de ter Covid-19 e por "excesso de zelo", confirmou fonte daquela USF aos jornalistas.

Ao que a TVI apurou trata-se de um homem, que estaria acompanhado pelo filho, e cujo caso não foi validado com a doença, informou, mais tarde, o centro de saúde.

O doente apresentou-se naquela unidade com sintomas gripais depois de ter regressado de um dos países afetados pelo surto, Austrália, mas o regresso ocorreu há 15 dias e, por isso, o caso não foi validado como sendo uma infeção pelo novo coronavírus.

O homem apresentou-se no centro de saúde depois de encaminhado pela linha SNS 24.

O centro de saúde não foi encerrado durante as suspeitas, tendo o mesmo pedido apenas aos utentes que não se deslocassem ao segundo piso.

António Vieira