A Direção-Geral de Saúde revelou que, nas últimas 24 horas, foram registados sete novos casos suspeitos, dois dos quais ainda aguardam resultados.

De acordo com o boletim divulgado às 19:25, até às 18:00 de sexta-feira, foram 59 casos suspeitos, 57 dos quais tiveram resultado negativo após testes laboratoriais.

Segundo a DGS, o risco para a saúde pública em Portugal mantém-se “moderado a elevado”.

O novo vírus, designado Covid-19, detetado em dezembro na China e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou pelo menos 2.858 mortos e infetou mais de 83 mil pessoas, de acordo com dados reportados por meia centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, mais de 36 mil recuperaram.

Além de 2.788 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França, Hong Kong e Taiwan.

Dois portugueses tripulantes de um navio de cruzeiros encontram-se hospitalizados no Japão, com confirmação de infeção.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão.

Andreia Miranda