A circulação na linha ferroviária do Norte vai continuar cortada no troço Pampilhosa-Coimbra B até ao final do dia de hoje, na sequência do descarrilamento de um comboio de mercadorias no sábado, segunda a Infraestruturas de Portugal.

No domingo, a Infraestruturas de Portugal (IP), que gere as linhas ferroviárias, tinha previsto o corte pelo menos até ao final da manhã de hoje e já esta manhã, a mesma fonte tinha indicado que a interrupção seria por tempo indeterminado.

Pelas 09:30, a IP adiantava que a circulação no troço entre Pampilhosa e Coimbra B da Linha do Norte irá manter-se interrompida até ao final do dia.

A empresa informou que durante toda a noite, as equipas da IP e da EMEF (Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, SA) estiveram a trabalhar para a desobstrução das vias de modo a permitir a reparação dos estragos causados pelo acidente ferroviário.

"Devido à sua complexidade estes trabalhos prolongar-se-ão ainda por toda a manhã e início da tarde. Só após a desobstrução completa das linhas será possível proceder aos trabalhos de limpeza e de reparação da via e catenária", é referido.

A Linha do Norte está cortada à circulação ferroviária desde as 18:10 de sábado, devido ao descarrilamento de um comboio de mercadorias, junto a Adémia, Coimbra, que não causou feridos.