Os Açores registaram 22 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, todos em São Miguel, resultantes de 1.554 análises realizadas em laboratórios de referência da região, segundo a Autoridade Regional de Saúde.

De acordo com o boletim diário, um dos casos respeita a um viajante, não residente, com teste positivo ao sexto dia, sendo os restantes registados em contexto de transmissão comunitária.

O concelho de Ponta Delgada regista oito casos, o concelho de Vila Franca do Campo, seis, Ribeira Grande regista quatro e, o concelho do Nordeste, mais quatro, três dos quais na freguesia da Achadinha, que vai ser testada na segunda-feira, devido ao elevado número de casos que tem vindo a registar nos últimos dias.

Recuperaram 13 pessoas em São Miguel e estão internados nove doentes, todos no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, quatro dos quais em Unidade de Cuidados Intensivos.

A região regista 133 casos, 132 em São Miguel e um em Santa Maria, sendo o número de vigilâncias ativas de 821.

Desde o início da pandemia, foram diagnosticados 4.227 casos positivos nos Açores, tendo recuperado da doença 3.956 pessoas.

Morreram 30 pessoas, saíram do arquipélago 67 e 41 apresentaram prova de cura anterior, tendo sido extintas 199 cadeias de transmissão local.

Os residentes e visitantes da ilha de São Miguel estão proibidos de atravessar concelhos desde sexta-feira, até às 23:59 de hoje (00:59 em Lisboa), tendo também recolher obrigatório a partir das 15:00, nestes três dias de Páscoa, no âmbito da contenção da pandemia de covid-19.

A proibição de circulação entre os seis concelhos da ilha açoriana prevê exceções para situações justificadas, como deslocações em trabalho, questões de saúde ou acesso ao aeroporto.

O Governo Regional decretou ainda o recolher obrigatório, entre as 15:00 de cada um destes três dias, e as 05:00 do dia seguinte.

O comércio da ilha tem de encerrar no máximo às 15:00, neste período, podendo a restauração funcionar com os serviços take-away e entrega ao domicílio até às 22:00.

Enquanto as portas estiverem abertas, os restaurantes e espaços similares podem ter um máximo de quatro pessoas em cada mesa, exceto se se tratar do mesmo agregado familiar.

Nas restantes ilhas, neste fim de semana alargado de Páscoa, os estabelecimentos de restauração e bebidas encerram às 22:00, sendo proibida a venda de bebidas alcoólicas nos restantes estabelecimentos a partir das 20:00.

/ CM