A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu, esta quarta-feira, luz verde à vacina da Moderna. A EMA anunciou que recomenda a vacina para administração a maiores de 18 anos, para prevenir a infeção por SARS-COV-2.

Agora, falta apenas a formalidade da aprovação por parte da Comissão Europeia, para que os Estados Membros comecem a aplicar esta segunda vacina contra a covid-19. Mas é mesmo apenas uma formalidade, já que até Ursula von der Leyen se regozijou com a decisão da EMA. 

Vários Estados membros da União Europeia estão a ser criticados pela lentidão do processo de vacinação. Até ao momento, apenas a vacina da Pfizer/BioNTech tinha tido aprovação da EMA e da Comissão Europeia, sendo, portanto a única a ser aplicada. 

A provação da vacina da Moderna pode assim, acelerar o processo de vacinação na Europa. 

Manuela Micael