Mr. Dheo é o nome do artista plástico que criou o mural “Anjos na Terra”, inspirado numa enfermeira do Hospital de S. João, no Porto.

O graffiti foi pintado em Vila Nova de Gaia e retrata a profissional de saúde, de farda e bata azul, enquanto golpeia o novo coronavírus com um taco de basebol.

A personagem da obra é Sofia. Uma enfermeira que foi infetada pela covid-19, ultrapassou a doença e regressou à linha da frente do hospital de referência da Região Norte. Uma mulher, que não rejeita o protagonismo, mas que não quer ser identificada a não ser pelo nome próprio e que representa toda uma classe.

Nunca é demais homenagear os profissionais de saúde. A enfermeira Sofia, várias Sofias, os auxiliares de saúde, os médicos, todos sem exceção pelo trabalho que estão a fazer. Nesta segunda vaga e naquilo que estamos a viver é extremamente importante falar deles e homenageá-los”, explicou Mr. Dheo.

 

Mr. Dheo revelou que a obra é uma homenagem com o objetivo de criar uma emoção em quem a vê. O artista explica que quis criar um mural multigeracional e que fosse transversal a todos os estratos sociais.

Nós artistas de rua, ao trabalharmos em espaços públicos, devemos sempre transmitir uma mensagem que não seja indiferente a ninguém, dos oito aos 80, dos vários estratos sociais... Só o poderia fazer desta forma. A agressividade é contra algo que todos desejamos destrui”, garantiu o artista plástico.

O graffiter aproveitou ainda para destacar o papel de todos os profissionais de saúde no combate à pandemia de covid-19.

Dependemos dos enfermeiros para minimizar esta pandemia. (...) A história que conto é, infelizmente, verídica”, culminou Mr. Dheo.

 

Nuno Mandeiro