Todos os agentes da Polícia Municipal do Porto que se voluntariaram para serem testados à covid-19 no âmbito da final da Liga dos Campeões tiveram resultados negativos, avançou este domingo à Lusa fonte policial.

Houve 10 voluntários que se disponibilizaram a ser testados à covid-19 e na sexta-feira passada e tiveram resultados enviados individualmente para os seus 'emails' e tudo correu bem. Os resultados foram todos negativos”, disse à agência Lusa o comandante da Polícia Municipal do Porto, António Leitão da Silva.

A amostra dos agentes voluntários concentrou-se nos polícias que estiveram “mais em contacto com os adeptos ingleses”, porque houve outras missões em que os agentes não tiveram esse contacto direto e não houve necessidade de realizar testes, explicou António Leitão da Silva.

A final da edição 2020/21 da Liga dos Campeões realizou-se no Estádio do Dragão, no Porto, no dia 29 de maio, com a equipa do Chelsea a ganhar por 1-0 ao Manchester City.

O Porto foi escolhido para substituir a cidade de Istambul, no seguimento das dificuldades intransponíveis de viagens dos adeptos ingleses, tendo em conta que a Turquia integra a ‘lista vermelha’ do Reino Unido, referiu a UEFA para justificar a alteração do ‘palco’ da final da ‘Champions’, motivada pelos condicionalismos inerentes à pandemia de covid-19.

Números da Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam que em cinco mil testes feitos a adeptos ingleses que estiveram no Porto para assistir ao jogo de futebol, apenas houve registo de "dois testes positivos" à covid-19, sendo um facto “animador”.

. / DA