De emergência passamos para calamidade. E o Governo antecipou a quarta fase do desconfinamento para dia 1 de maio, já este sábado, em vez de 3 de maio, segunda-feira, como estava planeado.

Estas são, portanto, as novas regras a cumprir na generalidade do país:

Restaurantes e bares

  • Restaurantes, cafés e pastelarias podem estar abertos até às 22.30
  • Lotação: grupos de no máximo 6 pessoas no interior ou 10 pessoas em esplanada
  • Bares e discotecas continuam encerrados

Bebidas alcoólicas

  • A permissão de venda de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos comerciais foi alargada até às 21.00
  • Nos restaurantes e cafés, as bebidas alcoólicas poderão ser consumidas a qualquer hora, desde que acompanhem a refeição
  • Continua a ser proibido o consumo de álcool na via pública

Espetáculos, museus e festas

  • Eventos culturais podem decorrer até às 22.30
  • Museus, palácios e monumentos regressam aos horários habituais até ao limite das 22.30
  • Casamentos e batizados em recintos com 50% de lotação

Comércio

  • Todas as lojas e centros comerciais podem estar abertos até às 21.00 durante a semana e até às 19.00 aos fins-de-semana e feriados

Modalidades desportivas

  • São permitidas todas as modalidades desportivas e atividades ao ar livre
  • Ginásios voltam a ter aulas de grupo
  • Mas ainda não é permitido o regresso do público às atividades desportivas

Viagens e fronteiras

Teletrabalho

Máscaras e distância

  • Mantém-se sempre a obrigatoriedade do uso de máscara nos espaços públicos
  • E é também obrigatória a manutenção do uma distância de 1,5 metros entre diferentes grupos nos espaços públicos

Os concelhos que ficam para trás

  • Estas regras não se aplicam num grupo restrito de concelhos: Miranda do Douro, Paredes, Valongo, Aljezur, Resende, Carregal do Sal e Portimão continuam retidos na fase anterior.
  • Em Odemira há duas freguesias com cerca sanitária

 

Maria João Caetano