A GNR encerrou esta quarta-feira um ginásio em Paio Pires, Seixal. Segundo a autoridade, o estabelecimento estava em violação das normas de contenção da pandemia de covid-19 aprovadas pelo Governo, que prevêem o fecho deste tipo de negócios durante o confinamento mais rígido.

Os militares deslocaram-se ao local na sequência de uma denúncia, deparando-se com seis pessoas no interior do espaço, entre funcionários e clientes.

Todas as pessoas presentes, que têm entre os 23 e os 29 anos, foram alvo de autos de contraordenação por violação do dever geral de recolhimento obrigatório, havendo ainda uma outra contraordenação por incumprimento do dever de encerramento de instalações e estabelecimentos.

A GNR recorda que o cumprimento das medidas impostas pelo estado de emergência, no âmbito do combate à pandemia COVID-19, é fundamental para conter a propagação do vírus", recorda a autoridade.

O Governo decidiu encerrar todos os estabelecimentos considerados não essenciais em janeiro, sendo que estas medidas podem ir até meados de março, como já admitiu a ministra da Saúde.

António Guimarães