A GNR de Faro pôs fim, no último sábado, a três festas diferentes em Albufeira e no Algarve, dispersando um total de 310 pessoas, que estavam em desrespeito às normas de combate à pandemia de covid-19 

De acordo com comunicado emitido por aquela força de segurança, numa primeira situação, em Albufeira, a GNR deparou-se com vários grupos de pessoas vestidas a rigor para uma cerimónia. Em causa, estava uma festa de casamento, numa unidade hoteleira, com cerca de 150 convidados. As autoridades deram ordem de desmobilização. 

Também em Albufeira, os militares depararam-se com "um grande número de pessoas num restaurante". Constataram que um grupo de cercad e 60 pessoas celebravam também um casamento. O estabelecimento foi encerrado, por exceder a lotação máxima permitida. 

Em Faro, os militares da receberam a denúncia de barulho e música alta. Deslocaram-se ao local e deparam-se com uma festa de aniversário com cerca de 100 pessoas. Foi cessado e evento e desmobilizados os participantes. 

Manuela Micael