O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, tem hoje um total de 246 doentes com covid-19, 208 internados em enfermaria, 27 na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e 11 na Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD).

Segundo um comunicado do HGO, entre a segunda-feira da semana passada e hoje registou-se um crescimento de 16% no total de doentes infetados com SARS-COV-2, aumentando o número de doentes internados de 212 para os 246.

Este aumento obrigou a novo reajustamento da lotação afeta à covid-19 naquela unidade hospitalar de Almada, no distrito de Setúbal.

Na nota é ainda referido que, face ao aumento contínuo do número de doentes infetados com o novo coronavírus nas últimas semanas, foi constituída no espaço exterior do hospital uma área de pré-triagem de ambulâncias para diminuir a “pressão assistencial”, em colaboração da proteção civil municipal e distrital, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Agrupamentos dos Centros de Saúde (ACES) de Almada.

Perante este quadro, o HGO renova o apelo à população dos concelhos de Almada e do Seixal para que, em caso de doença, recorra em primeiro lugar aos médicos de família nos centros de Saúde e, em caso de sinais ou sintomas compatíveis com doença respiratória, deve contactar primeiro a linha do Serviço Nacional de Saúde (808242424) e as ADRC - áreas dedicadas para doentes respiratórios.

. / MJC