Um lar de idosos em São João da Talha, no concelho de Loures, tem 23 dos 26 utentes com Covid-19, disse esta terça-feira o delegado de saúde, indicando que nove funcionários também estão infetados com o novo coronavírus.

Há 23 casos positivos e que vão ficar confinados. Ainda esta terça-feira, ou amanhã, vamos retirar o utente que deu resultado negativo para Covid-19, e há outros dois aos quais temos de repetir o teste, porque foi inconclusivo”, explicou à Lusa o delegado de saúde de Loures, José Calado.

O responsável referiu que “dos 17 funcionários do lar, nove testaram positivo, e um está ainda a aguardar resultados”, acrescentado que “três ou quatro abandonaram a instituição e outros estão a cumprir isolamento”.

José Calado afirmou que “recentemente houve um óbito, de um utente com uma série de comorbilidades, que era covid-19 positivo, mas cuja causa de morte não foi determinada”, e acrescentou que no Larhotel, em São João da Talha, “ocorreram mais duas mortes já durante o período pandémico”.

O delegado de saúde de Loures garantiu que “os responsáveis do lar estão a tomar as medidas de higiene necessárias” e que os utentes “vão ficar em vigilância ativa”.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 170 mil mortos e infetou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Mais de 558 mil doentes foram considerados curados.

Portugal regista 762 mortos associados à covid-19 em 21.379 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 27 mortos (+2,5%) e mais 516 casos de infeção (+3,7%).

/ CE