A Direção-Geral de Saúde corrigiu, este sábado, o número de militares da GNR infetados com Covid-19 no Comando de Bragança, são quatro e não 56. 

Esclarece-se que o número se refere a casos com link Epidemiológico e não a casos ativos na GNR de Bragança, havendo apenas 4 infetados nesta Instituição. Em nome do correto esclarecimento, o Ministério da Saúde corrige a informação", lê-se no comunicado. 

Na conferência de imprensa de sexta-feira, Graça Freitas tinha referido a realização de 168 testes, dos quais 56 tinham dado positivo.

Portugal registou nas últimas 24 horas mais duas mortes e 313 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado, este sábado, pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

Somando agora um total de 1.684 vítimas mortais e 48.390 casos confirmados.

Cláudia Évora