Portugal mantém-se no verde do “semáforo” do desconfinamento que foi apresentado pelo primeiro-ministro na quinta-feira. Ou seja, o mesmo quer dizer que o valor do índice de transmissibilidade, o chamado R(t), continua abaixo de um e que o número de casos por 100 mil habitantes a 14 dias está abaixo de 120.

Recorde-se que este é considerado o nível um de perigo, e aquele que Portugal deseja para manter o desconfinamento em progressão.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado esta segunda-feira pela Direção-Geral de Saúde (DGS), o índice de transmissibilidade do país está, à data de hoje, nos 0,83. No entanto, se olharmos apenas para o continente, o mesmo índice desce para os 0,79.

De acordo com o documento, a incidência média no país é de 96 novos casos por 100 mil habitantes. Se for apenas considerado o território continental, a incidência é de 84,2.

Portugal registou hoje mais 10 mortes e 256 novos casos de covid-19. O número de mortes é o mais baixo desde 14 de outubro, dia em que foram registados sete óbitos.

Lara Ferin