O Hospital de Santa Maria não registava às 10:00 da manhã deste sábado nenhum comboio de ambulâncias a aguardar por atendimento no serviço de urgências.

A TVI apura que a situação está mais calma, comparativamente com os últimos dias - quando chegaram a estar filas de 30 ambulâncias, e que isso pode ter sido resultado da intervenção das equipas do INEM que, desde esta sexta-feira ao meio-dia, têm trabalhado na pré-triagem dos doentes.

Cada equipa é composta por um médico e um enfermeiro e é responsável por direccionar o doente para o serviço mais adequado. Aqueles que não têm necessidade de cuidados hospitalares são reencaminhados para os Centros de Saúde de Odivelas e de Sete Rios.

Os doentes com sintomas mais graves, não urgentes, são levados para um parque de estacionamento à espera de terem vaga. 

Estas tendas funcionam do meio-dia até às 20:00 horas.

Rita Barão Mendes / HCL