O pai do pequeno Noah juntou-se esta tarde à enorme operação de busca que está a decorrer para encontrar a criança, que desapareceu na quarta-feira de manhã.

O número de operacionais deverá ser reforçado ainda ao longo desta tarde. Até às 12:00, estavam envolvidos nas operações 127 elementos, entre GNR, bombeiros, proteção civil municipal e sapadores florestais, explicou o mesmo responsável, numa conferência de imprensa em Proença-a-Velha, localidade onde reside a família da criança e onde aconteceu o desaparecimento.

O capitão Jorge Massano disse que o perímetro das buscas foi alargado, mas ainda na zona de Proença-a-Velha, no concelho de Idanha-a-Nova, distrito de Castelo Branco.

Até ao momento, não foi possível encontrar a criança”, disse Jorge Massano.

À TVI, de manhã, um popular disse que foi encontrada uma peça de roupa que se acredita pertencer ao menino, a informação foi confirmada esta quinta-feira pelas autoridades.

Também a GNR adianta que foram encontradas pegadas de uma criança "ou coincidentes com o tamanho que indica que será de uma criança", "muito próximo do local onde foi encontrada peça de roupa e onde terá sido encontrada a cadela que supostamente terá acompanhado a criança no seu desaparecimento".

Redação