A Polícia Judiciária está a investigar o desaparecimento de uma criança de dois anos, esta segunda-feira, em Ourém. A criança estava em casa dos avós maternos, quando desapareceu. O alerta foi dado cerca das 09:00. 

Martim estava no exterior da casa dos avós maternos em Amieira, Urqueira. A avó deslocou-se para o interior da habitação por alguns minutos e quando regressou ao exterior não voltou a ver a criança.

Tanto a GNR como a PJ estiveram em casa dos avós do menino, como apurou a TVI. As buscas foram suspensas, mas a investigação vai continuar "ininterruptamente". Nas operações de busca, estiveram cães pisteiros da GNR.

"Todos os meios continuam envolvidos na investigação e estamos a fazer tudo para eliminar todos os caminhos. Mas, todos os cenários continuam em aberto", sublinhou fonte da PJ à Lusa.

A criança vive com a mãe, Sandrina, e com os avós maternos. Os pais do menino separaram-se recentemente. O pai está emigrado em França.

Na última sexta-feira, foi decidida a atribuição da guarda do menino à mãe. Depois da audiência, o progenitor regressou ao país onde trabalha.  

De acordo com a advogada da mãe, Sónia Frias, o processo não envolveu conflito entre as partes, apesar do pai não ter concordado com os termos do acordo.

A população está incrédula com o desaparecimento da criança, como testemunhou a reportagem da TVI no local. Os vizinhos falam em rapto

Entretanto a TVI apurou que o pai do bebé já foi contactado pela PJ e negou as acusações de rapto. O progenitor está em França e deverá chegar a Portugal esta terça-feira para ser interrogado pelas autoridades.

De resto, todos os familiares do menino vão ser novamente ouvidos pela PJ de Leiria.

A advogada afirmou, em declarações à TVI, que a PJ mantém, a esta altura, todas as hipóteses em aberto.

Uma amiga da mãe de Martim garantiu, também em declarações à TVI, que a criança nunca foi negligenciada.

O menino estava a usar um pólo azul e umas calças de fato de treino cinzentas.

O apelo por informações sobre o paradeiro da criança foi divulgado nas redes sociais.