A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o desaparecimento de uma criança de seis anos, cuja mãe foi resgatada com vida, esta manhã, do rio Douro, em Gaia. As autoridades ainda não sabem se a mulher se atirou ao rio ou caiu, junto da ponte D. Luís. A preocupação vira-se agora para a criança que «não está na escola nem em lado nenhum», de acordo com fonte da PSP citada pela Lusa.

Mãe e criança foram dadas como desaparecidas desde as 17:00 de terça-feira, de acordo com a queixa apresentada pela irmã da mulher, esta quarta-feira de madrugada, na GNR de Lever.

Esta quarta-feira de manhã, os Bombeiros Sapadores de Gaia foram alertados, pelas 08:35, para o caso de uma mulher que estaria no rio Douro. A mulher foi resgatada com vida e transportada para o Hospital Santos Silva, em Gaia.

Pouco tempo depois, a mesma corporação de bombeiros foi informada de que o carro onde a mulher se faria transportar estava no lugar do Esteiro de Avintes, junto ao rio (longe do local onde a mulher foi encontrada).