Maria Somero, uma empresária da Figueira da Foz, foi sequestrada, agredida e torturada pelo namorado durante 8 horas.

A empresária, de 59 anos, contou à TVI que foi amarrada, espancada e torturada das 4:00 da madrugada até ao meio-dia de terça-feira, num hotel de sua propriedade.

A vítima não consegue perceber a razão do ataque, afirmando que os problemas que o namorado tinha com o consumo de álcool não explicam tanta violência.


O namorado agressor acabou detido pela polícia e foi presente à autoridade judicial na quinta-feira passada, tendo sido decretadas medidas de coação, entre as quais a proibição de contactos e de aproximação à vítima, com colocação de pulseira electrónica.

No entanto, quatro dias depois da decisão do tribunal, a vítima sente-se em perigo constante, uma vez que sabe que os movimentos do namorado ainda não estão controlados pelo dispositivo electrónico.