O grupo de franceses suspeito de agredir mortalmente um estudante português na Baixa do Porto gravou um vídeo dentro da carrinha da PSP. Depois de terem sido detidos, os jovens riam e gozavam com a situação, afirmando que estavam num “filme do faroeste”, tendo partilhado os vídeos nas redes sociais.

“Eles não respeitaram. Usaram uma carrinha celular, estamos num filme do faroeste. Ele (o polícia) não está contente”, dizem no vídeo, entre risos. 

Os jovens franceses foram detidos no domingo, depois do alerta de uma violenta discussão na rua Passos Manuel, zona histórica do Porto. 

Os confrontos terão começado na fila de acesso a uma discoteca, quando um grupo de estudantes estrangeiros considerou que um jovem tentava passar à frente na fila. 

O jovem, de 23 anos, terá sido atingido com um murro e caiu no chão, batendo com a cabeça, o que lhe provocou graves lesões no cérebro. A vítima foi transportada para o Hospital de Santo António, mas acabou por não resistir aos ferimentos.

A PSP recebeu um alerta através do 112, mas, à chegada ao local, os suspeitos puseram-se em fuga. Mais tarde, já nos Aliados, as autoridades conseguiram intercetar os estudantes franceses, que acabaram detidos. 

Terá sido nesta altura, já na carrinha celular da polícia, que o grupo publicou um vídeo nas redes sociais.

O caso está agora sob investigação da Polícia Judiciária, que já terá pedido imagens de videovigilância dos estabelecimentos nas imediações da discoteca.
 

Pedro Reis / BC