Um homem ficou em prisão preventiva depois de ter sido detido por suspeita da prática de vários crimes de roubo, com ameaça de uma arma de fogo de plástico, na Área Metropolitana de Lisboa, informou esta terça-feira a PSP.

O homem, de 36 anos, é suspeito de roubos ocorridos nos concelhos de Lisboa, Vila Franca de Xira, Loures e Barreiro, entre sábado e segunda-feira, segundo anunciou esta tarde, em conferência de imprensa, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis).

Em declarações aos jornalistas, o comissário Tiago Mota, da Divisão de Investigação Criminal, explicou que o homem foi intercetado pelas autoridades na segunda-feira, depois de ter efetuado um roubo na freguesia de Alvalade, em Lisboa.

“O homem abordou uma vítima junto a uma caixa multibanco, do sexo feminino, e exigiu-lhe que levantasse 100 euros. A ameaça foi feita com uma arma que, se veio a apurar, era de plástico”, apontou.

No momento da detenção, o homem foi encontrado na posse de sete doses de haxixe, uma dose de cocaína, 45 euros em numerário e uma arma de plástico.

O responsável da PSP ressalvou que o homem atuava sozinho, tendo assaltado alguns estabelecimentos comerciais, nos quais obrigou as vítimas a entregar dinheiro ou outros bens de valor.

“Foi possível relacionar a atuação deste suspeito com roubos ocorridos em duas farmácias, uma sapataria e um supermercado”, explicou.

Depois de ter sido detido, o homem foi presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

/ HMC