Um homem, de 39 anos, foi identificado e detido por fortes indícios da prática de crimes de abuso sexual de crianças, na forma agravada, sobre a sua ex-enteada, atualmente com 12 anos, informou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ adianta que os factos foram praticados no distrito de Lisboa entre 2016 e 2018.

O suspeito, segundo a PJ, “aproveitou a proximidade e a relação de confiança que a menor tinha consigo, uma vez que aquele havia feito parte do agregado familiar desde a sua infância, para a molestar sexualmente”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, a mais gravosa.

. / JGR