Um homem de 76 anos, suspeito de tentar matar uma mulher e um homem, de 55 e 58 anos, em Castelo Branco, ficou em prisão preventiva, disse esta segunda-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Os factos ocorreram na sequência de um desentendimento familiar, no passado dia 20 de maio, motivado por questões financeiras, tendo o arguido utilizado um objeto perfurante para agredir as vítimas, pondo em risco as suas vidas", explica, em comunicado, a Diretoria do Centro da Polícia Judiciária (PJ).

De acordo com a nota, o caso foi inicialmente participado à GNR, que deteve um homem, de 76 anos, em flagrante delito, tendo a investigação transitado para a PJ, face à natureza dos crimes em causa.

O suspeito já foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

. / publicado por Rafaela Laja