A Polícia Judiciária de Leiria anunciou esta quinta-feira a detenção do terceiro suspeito de envolvimento num roubo violento sobre uma mulher grávida, que ocorreu em abril de 2019.

Na sequência das detenções ocorridas em 18 de dezembro de 2019, e que visaram dois suspeitos de um roubo violento, a Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve na quarta-feira um terceiro indivíduo, de 25 anos, suspeito de coautoria, refere uma nota de imprensa.

Segundo a PJ, os factos ocorreram no dia 27 de abril de 2019, no interior de uma habitação localizada na cidade de Leiria, sendo vítima uma mulher que ali residia e que estava grávida.

Os suspeitos, “mediante intensa violência psicológica e física, utilizando para tal armas brancas, amordaçaram e manietaram a vítima, roubando-lhe considerável quantia em dinheiro”.

No decorrer da ação policial foram recolhidos relevantes elementos de prova, suscetíveis de “permitirem o cabal esclarecimento da responsabilidade de cada um dos participantes nos factos”.

Fonte da PJ disse à Lusa que o desenrolar de todas as diligências da investigação permitiu agora identificar o suspeito, que, após ter sido localizado, em Leiria, foi detido.

O homem, de 25 anos, está ser presente a primeiro interrogatório judicial para a aplicação das medidas de coação.

Em dezembro de 2019, o juiz de instrução criminal aplicou a medida de coação de prisão preventiva para um dos detidos e apresentações às autoridades para o outro.

/ Publicado por Henrique Magalhães Claudino