O Tribunal de Elvas, no distritro de Portalegre, decretou esta quinta-feira a prisão preventiva de um homem, de 25 anos, indiciado pela prática de um crime de violência doméstica, divulgou o Ministério Público (MP).

Em comunicado publicado na página da Internet da Procuradoria da Comarca de Portalegre, o MP explica ter sido apurado que o homem, ao longo dos últimos dois anos, maltratou a companheira, não se inibindo de o fazer em frente aos seus cinco filhos menores de idade.

Segundo o MP, nos últimos dias, o homem terá desferido “murros na nuca da vítima e pontapés que a atingiram no rosto”, quando esta se encontrava sentada no chão, em casa, com os filhos, “ameaçando-a de morte com um ferro".

Após interrogatório judicial, foi aplicada ao arguido a medida de coação mais gravosa, atendendo ao “perigo de continuação da atividade criminosa”, além do "concreto perigo de perturbação do decurso do inquérito”.

/ RL