A Polícia Judiciária (PJ) deteve no Porto um professor 61 anos suspeito de ter tentado matar a tiro outro homem por “desavenças antigas”, anunciou esta sexta-feira a Diretoria do Norte daquela autoridade.

Em comunicado, a PJ/Norte conta que a detenção surgiu na sequência do cumprimento de mandado de busca, que permitiu apreender uma arma de fogo presumivelmente utilizada numa tentativa de homicídio ocorrida na noite do dia 31 de outubro de 2020.

“Na ocasião, motivados por desavenças antigas, suspeito e ofendido desentenderam-se na via pública, tendo o ora detido empunhado a arma de fogo e efetuado vários disparos, que apenas por acaso e motivos alheios à sua vontade não atingiram a vítima”, assinala a nota daquele órgão de polícia criminal.

O docente está indiciado pela autoria dos crimes de detenção de arma proibida e de tentativa de homicídio, aguardando ainda, na manhã desta sexta-feira, o primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

/ JGR