A Polícia de Segurança Pública indicou este domingo que deteve um homem suspeito de "uma vaga de assaltos violentos" realizados desde outubro de 2019 no centro de Lisboa.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP destaca que esta detenção e outras recentemente realizadas no centro de Lisboa constituem “importantes reforços positivos de segurança” e vão “permitir aliviar algum sentimento de insegurança que possa ter sido gerado por estas ações violentas”.

Segundo a PSP, o homem, de 37 anos, foi detido na sexta-feira e tinha saído da prisão em março de 2019, depois de ter cumprido uma pena de cinco anos e seis meses por roubo.

A força de segurança refere que, no fim de setembro, foi sinalizado um pico anormal de roubos no centro de Lisboa, sendo que as características do autor e a metodologia do assalto eram condizentes com as do homem agora detido.

A PSP explica que o suspeito interpelava as vítimas sob um falso peditório e posteriormente obrigava-as a entregar todos os seus pertences mediante recurso de ameaças de agressão graves e violentas, chegando mesmo a coagir as vítimas a deslocarem-se a caixas de multibanco para levantarem dinheiro.

Após “inúmeras diligências processuais”, a PSP conseguiu apurar que o homem agora detido está associado a pelo menos cinco situações de roubos violentos praticados desde meados de outubro de 2019 até à data.

A Polícia de Segurança Pública precisa também que vai continuar a investigar no sentido de relacionar o suspeito com outras situações idênticas que tenham ocorrido naquele período.

Depois de ter sido ouvido por um juiz de instrução, o homem ficou em prisão preventiva.

/ RL