A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem de 44 anos por suspeitas de coautoria de crimes de roubo, coação agravada e sequestro, ocorridos, em junho passado, no centro de Elvas, distrito de Portalegre.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a PJ indicou que a detenção foi feita "no seguimento de uma investigação" no âmbito da qual já tinha sido "detido o outro coautor" dos alegados crimes, um homem de 35 anos, que se encontra em prisão preventiva.

Contactada esta quinta-feira pela Lusa, fonte da PJ adiantou que o homem de 44 anos, a quem não se conhece qualquer ocupação, foi apanhado na segunda-feira e que, após o primeiro interrogatório judicial, ficou sujeito a termo de identidade e residência.

Os alegados crimes foram cometidos a 08 de junho deste ano, no centro da cidade de Elvas, tendo a detenção do primeiro suspeito sido divulgada pela PJ quatro dias depois.

"A vítima, um homem, foi abordada junto da sua residência, sendo conduzida, sob ameaça de uma arma branca, para local isolado nas imediações da cidade, onde foi constrangida, sob ameaça, a entregar dinheiro", descreveu a PJ.

Após ter conseguido libertar-se, acrescentou a Polícia Judiciária, "a vítima denunciou a situação, o que permitiu a detenção dos dois agressores".

Os dois homens foram detidos por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora da PJ, tendo no primeiro a Judiciária contado com a colaboração da PSP de Elvas.