A GNR anunciou, este sábado, que deteve quatro homens em Santo Tirso (Porto) pertencentes "a uma rede organizada de tráfico de droga" que abastecia Valongo, Amarante e Marco de Canaveses (Porto), e apreendeu 8.500 doses de droga.

Elementos do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Santo Tirso detiveram na sexta-feira “quatro homens, com idades compreendidas entre os 30 e os 45 anos, em Santo Tirso, Porto, por tráfico de estupefacientes”, lê-se num comunicado de imprensa divulgado pela GNR do Porto.

Dois dos quatro indivíduos detidos possuem antecedentes criminais, tendo já cumprido seis anos de prisão pelos crimes de roubo com arma de fogo e agressões”, acrescenta a GNR.

A GNR revela que estava em curso há seis meses uma investigação policial relacionada com a prática do crime de tráfico de droga e essa investigação culminou na passada sexta-feira com a detenção de quatro indivíduos e com três buscas domiciliárias e buscas a três automóveis nas localidades de Ermesinde, Baguim do Monte e Fânzeres.

Os militares da GNR apreenderam durante a operação policial "8 500 doses individuais de droga", designadamente "5 116 doses de haxixe e 3.390 doses de heroína".

Durante as buscas policiais foi também apreendido diverso material relacionado com tráfico de droga como balanças de precisão, bem como foram apreendidas as três viaturas alvo de buscas, uma pistola com calibre de 6,35 milímetros (mm), 19 munições, dois bastões de basebol, um par de algemas, oito telemóveis e mil euros em numerário.

Nesta ação estiveram empenhados militares do Núcleo de Investigação Criminal de Santo Tirso, do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial do Porto e do Grupo de Intervenção de Ordem Pública da Unidade de Intervenção.

Os indivíduos ficaram detidos nas instalações da GNR e vão ser hoje presentes ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto, acrescentou a mesma fonte policial.