“É a resposta a um apelo aflitivo dos bispos dessas regiões, quer no Médio Oriente, quer até na Ásia, que estão a assistir ao extermínio de comunidades cristãs e pedem, aflitivamente, a proximidade de toda a Igreja aos irmãos perseguidos por não quererem trair a sua fé em Jesus Cristo e a fé no Evangelho”




“Um drama que clama e brada aos céus por solidariedade urgente, efetiva, eficaz, a nível internacional e, ao dizer a nível internacional, refiro-me de uma maneira particular à ONU – Organização das Nações Unidas e, particularmente, a nível europeu, face a um egoísmo social crescente”








Redação