Dezassete pessoas ficaram desalojadas na localidade de Olival Basto, concelho de Odivelas, na sequência de um incêndio que deflagrou na quinta-feira num armazém, disse à agência Lusa o presidente da junta de freguesia.

As 17 pessoas viviam num armazém, dividido por dois pisos, localizado na Rua 24 de Abril, e foram realojadas no pavilhão polidesportivo de Odivelas, distrito de Lisboa, segundo adiantou o presidente da União de Freguesias da Póvoa de Santo Adrião e Olival Basto, Rogério Breia.

A Segurança Social já disponibilizou uma ajuda financeira e, em princípio, na segunda-feira já haverá condições para que estas pessoas possam encontrar uma alternativa, que nunca será regressar ao armazém”, ressalvou.

Rogério Breia contou que o interior do armazém “ficou totalmente destruído”, existindo risco de o piso superior abater.

Caberá agora ao proprietário assegurar todas as condições de segurança”, apontou.

Segundo o autarca, um curto circuito estará na origem do incêndio.

De acordo com a página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, esta ocorrência mobilizou 21 operacionais, apoiados por seis meios terrestres.