"Tudo leva a crer que [as vítimas] estariam a tomar um banho de final de tarde, nadaram em direção a um rochedo e depois não conseguiram subir para cima dele e também não voltaram para a margem", explicou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Pinhel, Luís Pereira.