​O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras intercetou, durante o fim de semana, no Aeroporto de Lisboa, três menores de 15, 11 e 10 anos, dados como "desaparecidos".

De acordo com um comunicado, as crianças de nacionalidade espanhola tinham indicação no sistema de informação Schengen, emitida pelas autoridades francesas.

Os menores preparavam-se para embarcar para Agadir, em Marrocos, com a mãe, uma cidadã marroquina.

"Após diligências com as autoridades francesas, via Gabinete Nacional SIRENE, a mãe anuiu adquirir bilhetes para regressar a França, acompanhada dos menores", refere a nota que diz ainda que o embarque foi controlado pelo SEF em cooperação com as autoridades francesas.

O SEF detetou, ainda, outras quatro medidas cautelares, no decorrer do fim de semana: uma pessoa procurada no âmbito de um processo judicial; um controlo discreto; e dois menores a viajar sem autorização parental.