A Polícia Marítima e os Bombeiros do Montijo estão a efetuar buscas por um homem de 70 anos desaparecido nas águas do rio Tejo, na zona do Montijo, há quase 24 horas.

Segundo apurou a TVI, o homem saiu de casa para a apanha de bivalves, na manhã de quarta-feira, e deveria ter regressado a casa à hora de almoço. A família só alertou as autoridades ao final da tarde.

Uma testemunha garante que viu o homem a sair do local por volta das 13:00. Este homem, que também estava na apanha de bivalves, refere que quando saíram da água se depararam com "uma confusão" na margem. A partir desse momento diz que perdeu o contacto visual com o agora desaparecido, que terá tentado fugir por um caminho distinto.

Era por volta a uma da tarde, quando saí o mar e vi o senhor. Houve uma confusão, houve porrada. A partir daí já não sei o que se passou”, refere testemunha.

 

As buscas tiveram início apenas às 7:00 desta quinta-feira, devido à luminosidade. Cerca das 9:30 estavam empenhadas duas embarcações: uma estação salva vidas de Lisboa e outra do comando local da Polícia Marítima de Lisboa.

No período baixa mar vai ser também usado um drone no sentido de alargar a área de busca.

A família está a receber apoio psicológico por via do gabinete de psicologia da Polícia Marítima.

Daniela Rodrigues / RL