Foi esta terça-feira detido em Peniche o pai que fugiu com os dois filhos da Alemanha e que tinha sido visto pela última vez em Tenerife.

Segundo apurou a TVI, a detenção foi efetuada pela Polícia Judiciária e o homem de 44 anos vai ser presente ao tribunal da Relação de Coimbra, para aplicação das medidas de coação.

De acordo com a imprensa espanhola, a detenção ocorreu nas Caldas da Rainha e as crianças, de 10 e 11 anos, estavam com o pai, ambas bem de saúde. 

Segundo o comunicado da PJ, "os menores ficarão entregues à guarda da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, até decisão do Tribunal de Menores competente".

O suspeito terá viajado de avião de Madrid até Lisboa e terá levado os filhos com ele.

Kristian e Amantia Toska estavam desaparecidos desde janeiro. Na altura, a mãe não denunciou logo às autoridades o que se estava a passar, porque o pai ameaçou matá-la a ela e às crianças. 

A família vivia na Alemanha. 

Cláudia Évora Henrique Machado / Notícia atualizada às 12:42