Os trabalhadores da Tegopi, Vila Nova de Gaia, que na sexta-feira foram “surpreendidos” com um aviso de despedimento coletivo, vão continuar a comparecer na empresa até à assembleia de credores, marcada para quinta-feira, disse um representante sindical.

Na sexta-feira, a administração da Tegopi, empresa de fabrico de torres eólicas localizada em Vilar do Paraíso, concelho de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, afixou uma folha com o nome de 98 trabalhadores que seriam dispensados a partir desta terça-feira.

De acordo com a Comissão de Trabalhadores, se os funcionários forem despedidos, conforme está anunciado no aviso prévio afixado na empresa, ficam na Tegopi.