A PSP destruiu esta quinta-feira mais de três mil armas de fogo e armas brancas, totalizando mais de nove mil inutilizadas este ano, revelou a força policial em comunicado.

Na terceira ação realizada este ano, a PSP destruiu 3.178 armas de fogo e armas brancas declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos crime, contraordenação ou administrativos ou depois de terem sido apreendidas pelas autoridades policiais, a nível nacional.

Do lote fazem ainda parte armas entregues voluntariamente ao Estado pelos seus detentores ou achadores.

“Dado o estado de degradação em que se encontravam as pistolas, revólveres, espingardas, punhais, navalhas e espadas, que constituíam a quase totalidade do lote das armas destruídas, bem como a sua inutilidade para a atividade operacional, formativa, cultural, museológica ou outra das forças de segurança” foi decidido destrui-las, refere a nota.

/ AM