Duas mulheres foram detidas por suspeita de vários furtos em residência, realizados na cidade de Lisboa e noutros pontos do país, revelou hoje a Polícia Judiciária (PJ) em comunicado, noticia a Lusa.

As detidas entravam nas residências trancadas apenas com o trinco, utilizando cartões plásticos ou objectos similares, explica a PJ.

As jovens, com 20 anos de idade, têm já uma «larga experiência na prática deste tipo de crime», actuando de forma concertada, referem as autoridades.

Das residências foi furtado dinheiro, jóias e outros valores de fácil transporte que seriam depois reencaminhados pela organização com destino a outros países europeus.

A investigação já feita pela PJ indicia que as jovens são responsáveis pelo menos por dois assaltos a residências em Lisboa, «um deles no final de Agosto e outro no início de Outubro» de 2008.

As habitações em causa estavam situadas em zonas centrais, tendo sido furtados montantes em dinheiro e importantes quantidades de jóias, assim como um computador pessoal e artigos de electrónica.

Antecedentes

A PJ supõe ainda que as duas detidas tenham antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crimes em outros países europeus, nomeadamente em Espanha e Itália, pelo que foram contactadas as respectivas autoridades.

As detidas vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, a fim de lhes serem aplicadas medidas de coacção.
Redação / HB