O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou esta quinta-feira a detenção no aeroporto de Lisboa de um suspeito dos crimes de falsificação de documento, auxílio à imigração ilegal e associação de auxílio à imigração ilegal.

Segundo o SEF, a detenção, na quarta-feira, ocorreu quando o suspeito “foi detetado aquando de um procedimento de ‘pré-boarding’ realizado num avião proveniente de Bissau".

O SEF explica que, após diligência de recolha de prova, “foi possível identificar um homem como sendo o facilitador, que estaria a tentar introduzir três homens na Europa, tendo como destino final o Reino Unido.

O detido fazia-se acompanhar de três cidadãos hindustânicos, portadores de passaportes e cartões de cidadãos portugueses, obtidos de forma fraudulenta, adianta o SEF.

Após primeiro interrogatório no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, o suspeito ficou em prisão preventiva por decisão judicial.

O sucesso desta detenção deveu-se à estreita cooperação das equipas de Tráfico de Seres Humanos do SEF no posto de fronteira do aeroporto de Lisboa e da Direção Central de Investigação do SEF, em estreita articulação com o Instituto de Registos e Notariado”, refere aquela polícia.